Arquivo da tag: poesia

Fica decretado que agora vale a verdade Thiago de Mello #NossaGente

Thiago de Mello – Estatuto do Homem: Fica decretado que agora vale a verdade.
agora vale a vida,
e de mãos dadas,
marcharemos todos pela vida verdadeira. Continuar lendo

Publicado em América Latina, Brasil, Cidadania, Comissão da Verdade, Comunicação, Dilma, direito, Direitos Humanos, Ditadura, Julgamento, Justiça, Liberdade de expressão, Marco Civil, Marco Regulatório, Nossa Gente, Política | Marcado com , , , , , , , , | 1 Comentário

O golpe imaginário de Ayres Britto

O ministro me desculpe mas eu acho que, para falar do mensalão como parte de projeto de “continuísmo seco, raso,” é preciso considerar o Brasil uma grande aldeia de Gabriel Garcia Márquez. Em vez da quinta ou sexta economia do mundo, jornais, emissoras de TV, bancos poderosos, um empresariado dinâmico, trabalhadores organizados e 100 milhões de eleitores, teríamos de coronéis bigodudos com panças imensas, latifúndios a perder de vista, cidadãos dependentes, morenas lindas e apaixonadas, capangas de cartucheira. Continuar lendo

Publicado em AP470, Brasil, CIA, Comunicação, CPIdaMIDIA, Dilma, Ditadura, Eleição, Julgamento, Manipulação, Marco Regulatório, Midiacracia, PIG, Política | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Poesia de Antônio Silva, leia Juíza Márcia Loureiro! #Pinheirinho

Antonio Silva ex-morador do Pinheirinho – A juíza e o prefeito/ de longe nos assistindo/ A comunidade chorando/ enquanto os dois estão rindo. Parabéns Juíza Márcia Meireles, Parabéns TJ, Parabéns Gov. Alckmin, Parabéns PM! Continuar lendo

Publicado em Brasil, Comunicação, Cultura, Lula, Midiacracia, Política, Terras | Marcado com , , , , , , | 5 Comentários

Puede Ser En El Sur – un poco de Venezuela

nosotros, que hemos participado en los grandes acontecimeintos históricos,
“…que hemos ayudado en lo construido
aún con un poco de tristeza,
digamos casi mucha… Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário