CARTA ABERTA DO PRESIDENTE DO PARLAMENTO SÍRIO AO PRESIDENTE DOS EUA


CARTA ABERTA
DO PRESIDENTE DO PARLAMENTO SÍRIO
AO PRESIDENTE DOS EUA

http://interactive.news.sky.com/PDF/US%20House%20of%20Representatives.pdf
[Fonte: Vila Vudu -tradução de trabalho, para simples leitura, sem valor oficial] 

N. 394
Damasco, 4 de setembro de 2013

Representante John Boehner
Presidente da Câmara de Representates
Câmara de Representantes Washington, DC 20515

 

Saudações.

Anexo a essa carta uma CARTA ABERTA formal urgente assinada por mim, Presidente do Parlamento Sírio. Escrevo e envio em nome dos Membros da Assembléia do Povo Sírio. Essa instituição funciona sem interrupção desde que foi fundada em 1919.

Com vistas ao debate crucial de hoje, sobre possível ataque pelos EUA ao nosso país, é vital que a carta anexa circule imediatamente entre todos os Membros do Congresso, antes do debate.

Além disso, solicitamos por favor que leia a carta anexa nas etapas de abertuta dos debate, para que se assegure que os Ilustres Membros possa avaliar com precisão a situação na Síria e as propostas incluícas na carta anexa, e para que o texto complete dessa carta seja registrada em seus arquivos.

Importante observar que enviamos carta explanatória sobre a situação na Síria aos nossos colegas do Parlamento Britânico que tiveram a responsabilidade de exaurir todas as vias da diplomacia antes de envolver em guerra a nação britânica.

Esperamos que os Ilustres Membros dessa Casa de Representantes adote abordagem similar.

Atenciosamente,
Presidente da Assembleia do Povo Sírio
MHD. Jihad AL-LAHHAM

_______________________________________________________________________________________

N. 394
Damasco 4 Setembro 2013

Representante John Boehner
Presidente da Câmara de Representates
Câmara de Representantes Washington, DC 20515


Senhoras e senhores

“Para que a civilização sobreviva, temos de cultivar a ciência das relações humanas,
a habilidade de todos os povos para viverem juntos, num mesmo mundo de paz”
Franklin D. Roosevelt


Escrevemos aos senhores com urgência, quando debatem o processo para lancer um ataque à Síria. Adicionalmente, escrevemos aos senhores como deputados como nós, representantes de nossos povos.

Importante também, escrevemos aos senhores como pais e mães, homens e mulheres membros de famílias e comunidades que não são, realmente, diferentes das suas. Acima de tudo, escrevermos como seres humanos. Se nos bombardeiam, não sangramos?! Muita gente inocente será ferida.

Tragédias locais convertem-se em guerras que levam a conflitos gerais, por causa da falta de comunicação entre as nações. Pedimos encarecidamente que se comuniquem conosco mediante diálogo civilizado, não pela linguagem do fogo e do sangue.

Na Síria, temos ainda em mente o sonho norte-americano dos valores da família, das oportunidades de sucesso, em ambiente de paz. James Truslow Adams disse em 1931, “a vida deve ser melhor, mais rica e plena para todos, com oportunidade para cada um conforme sua habilidade ou realização”, independente de classe social, religião ou circunstâncias de nascimento.

Antes do debate que terão no Congresso, relembremos o seguinte:

Fatos comuns:

– O principal fator dos ataques do 11/9 foi a odiada ideologia wahhabista jihadista adotada e financiada pelos sauditas. Essa odiada ideologia wahhabista jihadista nasceu da doutrina jihadista da Fraternidade Muçulmana. Exemplo vivo disso é Omar Abdel Rahman, atualmente prisioneiro nos EUA, de onde muitos que se dizem aliados dos EUA tentam libertá-lo.

– Mais de três trilhões de dólares norte-americanos, centenas de milhares de norte-americanos e iraquianos mortos e feridos e milhões de refugiados iraquianos são o custo da guerra military em curso, contra o terrorismo.

– Graças ao dinheiro saudita, diferentes “Madrassas” jihadistas dos salafistas wahhibistas continuam a operar. Esses centros terroristas continuam a formar milhares de jovens todos os anos.

– Objetos de cozinha e ideologia wahhabista foram os principais ingredientes de horríveis ataques terroristas por todo o mundo, e o crime de Boston é exemplo vivo e para o futuro, do modelo de células adormecidas.

– Desde o final dos anos 70s, a Síria foi o primeiro país que enfrentou o terrorismo fundamentalista fanático.

– Agora, a Síria combate muitos milhares de jihadistas não sírios.

– A Síria é o ultimo estado genuinamente secular que sobrevive no Oriente Médio.

– Os EUA e a Síria, ambos, sofreram e ainda sofrem por causa do terror que lhes vem do mesmo inimigo: a sempre odiada ideologia wahhabista adotada e financiada pelos sauditas.

– Nossos dois países aprovaram e apoiam as resoluções n. 1.373 e n. 1.624 para combater o terrorismo.


“Peço que me julguem pelos inimigos que fiz”
Franklin D. Roosevelt


O principal inimigo comum de nossas duas nações é a odiada ideologia wahhabista jihadista representada pela Al-Qaeda, pela Frente Al-Nusra e seus afiliados.

2 – Sobre os ataques químicos:

2.1 – Provas de que os grupos de terroristas fanáticos possuem armas químicas:

– Dia 19/3/2013, houve ataques químicos em Khan Al-Asal e Aleppo, contra civis e pessoal militar.

– Dia 20/3/2013, o governo sírio solicitou imediata investigação pela ONU.

A visita da equipe de investigadores da ONU foi adiada por mais de cinco meses, por intervenção de EUA, França e Grã-Bretanha.

– Dia 30/5/2013, a Turquia anunciou a captura de um grupo islamista terrorista fanático que estava em posse de dois litros de gás sarin. Por isso, o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, exigiu, dia 31/5/2013, que o governo turco cooperasse para que se evitasse a possibilidade de futures ataques químicos no Oriente Médio e na Europa.

– Dia 1/6/2013, o Exército Iraquiano anunciou a captura de um grupo islamista fundamentalista terrorista fanático no Iraque, próximo da fronteira síria, e encontrou com eles armas químicas e o controle remoto de um helicóptero pequeno.

– Dia 28/7/2013, as autoridades sírias entregaram às missões diplomáticas da Rússia e da China em Damasco a prova de que a Frente al-Nusra tinha armas químicas e tinha intenção de usá-las para atacar Muaaret al Numan e o subúrbio de Aleppo.

CONCLUSÃO: Os fatos acima provam que os grupos de fundamentalistas jihadistas terroristas possuíam e já usaram armas químicas em ocasiões prévias.

2.2 – PERGUNTA: Em termos lógicos, qual seria o benefício para o governo sírio, de cometer um crime de ataque químico durante a visita da Comissão Independente de Investigação sobre a Síria, da ONU, em local que dista 4 milhas do Hotel Four Seasons, onde a Comissão estava hospedada?!

3 – Por essa razão, insistimos que venham à Síria, que enviem uma delegação com a máxima urgência possível, para que vejam e descubram diretamente o que se passa aqui.

Convidamos os senhores e senhoras a vir à Síria e avaliar a situação, antes de começarem a cortar – sobretudo porque o tecido a ser cortado é carne humana. Assim será possível que, juntos, tracemos um mapa do caminho para esforço conjunto e efetivo contra o terrorismo.

Cremos que ato de guerra, agressivo e injustificado, será ato injusto e ilegal, pelas seguintes razões:

– A Síria é estado soberano que não representa qualquer tipo de ameaça aos EUA.

– O Conselho de Segurança da ONU não aprovou essa ação.

– O Relatório da ONU sobre o terrível incidente nos arredores de Damasco, em Ghotta, ainda não foi redigido. Ninguém pode sequer saber se incluirá algum tipo de prova de qualquer alegação.

Ao contrário, a ONU já concluiu que há fortes provas de que os terroristas fundamentalistas da Frente al-Nusrah – organização terrorista afiliada da al-Qaeda – já usaram algum gás venenoso contra soldados sírios e civis inocentes.

Consequentemente, qualquer ato agressivo contra povo inocente e soberano será ato criminoso, que agredirá os princípios da Lei Internacional.

Ao mesmo tempo, alguns círculos ocidentais oferecem todo o apoio possível aos rebeldes wahhabistas fanáticos, que a ONU já acusou de vários crimes – o que é com certeza quebra dos declarados princípios básicos de justiça dos EUA.

Muito nos emocionou o sentimento moral de lástima que manifestaram à vista das imagens das vítimas do ataque químico.

Nós, sírios, estamos colaborando intensamente com a equipe de Investigadores da ONU e especialistas sírios que também investigam a questão de quem cometeu aquela atrocidade, e partilhamos nossos resultados com a equipe da ONU. Nós, parlamentares sírios, estamos determinados a encontrar a verdade e a levar a julgamento os criminosos envolvidos, sejam quem forem.

Até lá, conclamamos os deputados norte-americanos a não empreender qualquer tipo de ação irresponsável e temerária.

Cabe aos senhores, hoje, a responsabilidade de afastar os EUA da trilha da guerra e de conduzir os EUA para a trilha democrática. Esperamos encontrá-los nessa trilha democrática, e discutir e falar e ouvir, como fazem os povos civilizados. Adotamos uma solução diplomática, porque sabemos que a guerra será via catastrófica, destrutiva e sangrenta, que não trará qualquer benefício para todas as nações.

Na verdade, a questão mais importante é que todas as nações enfrentamos a mesma ameaça terrorista. Atacar a Síria e enfraquecer o governo e a infraestrutura síria automaticamente fortalecerá nosso inimigo comum de todos, a Al-Qaeda e as organizações terroristas ligadas a ela.

Em vez de combater uns os outros, todos temos de trabalhar juntos para implementar plenamente as Resoluções do Conselho de Segurança da ONU n. 1373 e n. 1.624 contra o terror. Em vez de inimigos, todos devemos trilhar juntos a via da paz e da verdade.


Atenciosamente,
Em nome da Assembleia do Povo Sírio
Deputado Jihad AL-LAHHAM, Presidente

Sobre midiacrucis

Rompendo o apartheid-midiático. Buscando informações que o PIG omite, distorce, oculta...desinforma.
Esse post foi publicado em Comunicação, Dilma, EUA, PIG, Síria, Soberania, Solidariedade e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s