UHURU !!!! @TheEconomist #Uhuru


The Economist,

—> Get the hell out of our business–> Revista The Economist sugere demissão de Mantega  #ShutUp

Dilma_a_TheEconomist_bessinha

Dilma reage a crítica de revista britânica à economia brasileira 

***********

   The Economist do you remember that?

Sacred Oath

“I swear the sacred oath that I will fight for our land and freedom!

The white man (english people) will abuse us no more!

No longer will he our land and kill our families!

If I break this oath may this oath kill me!”

                                                     KUKUYO PEOPLE 

Quênia – Em 1820, os britânicos conseguiram sentar as bases no que seria a segunda colônia mais importante do Império Britânico. Com a oposição de resistência armada dos Maasai, somente a partir de 1890 os ingleses conseguiram se impôr e ocupar a maior parte do país, levando a cabo a construção da estrutura necessária para a exploração do território: a construção de uma ferrovia de Uganda a Mombaça, na costa queniana.

Graças à ferrovia, cerca de 5 mil famílias europeias se instalaram em terras destinadas à plantação de café e chá, com mão de obra africana.

Estas famílias se apropriaram de quatro quintos das terras férteis, enquanto a pequena parte que sobrou foi dividida entre um milhão de kikuyus.

Paralelamente, em 1885, a Companhia Imperial Britânica da África Oriental foi criada em Berlim, uma associação comercial que foi fundada para desenvolver o comércio africano, nas zonas controladas para o poder colonial inglês.

_____________

Dou you remember this PRISIONER –> 4339?

—-> KIMANI NG’ ANG’ A MARUGE<—-

‘Em nome da República do Quênia gostaríamos de informá-lo que você foi considerado merecedor da indenização pelos maus tratos que sofreu enquanto prisoneiro sob o domínio colonial britânico no “campo de HOLA” de 1951-1953; no “campo de LANGATA” de 1953-1955; no “campo de MANYAM’ de 1955-1957 e no “campo de EMBAKASI” de 1957-1959.

(…)

Fica registrado por meio desta que o prisioneiro 4339 sofreu tratamento cruel e desumano em cativeiro** por causa de insistente recusa em renunciar ao juramento de fidelidade. Com gratidão por seu heroico sacrifício pela libertação de nosso país.

Sua Excelência, o Presidente da República do Quênia

**************

** acrescento: recebeu chibatadas, dois dedos de seu pé foram cortados, seu tímpano foi furado com um lápis, entre outras torturas…

Assistam o filme First Grader (não há título em português) encontrei o trailer, porém assisti pela NET no canal de compra de filmes – Lançamento R$4.90

Sobre midiacrucis

Rompendo o apartheid-midiático. Buscando informações que o PIG omite, distorce, oculta...desinforma.
Esse post foi publicado em América Latina, Bankgangster, Brasil, Cidadania, CPIdaMIDIA, Dilma, Ditadura, Economia, Lula, Marco Regulatório, Midia Venal, SIP, Soberania, Terras e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s