Amorim, “Forças Armadas estão prontas para ação em conjunto” na região do pré-sal


Simulação de combates, voos rasantes próximos às plataformas de petróleo, incêndios e resgate de vítimas foram os exercícios executados na sexta-feira (30), último dia da Operação Atlântico III, que foi iniciada no dia 19 de novembro e contou com a mobilização de 10 mil homens das Forças Armadas na região do pré-sal.

Brasil-defesa_presal_P4-foto-B

O Ministro da Defesa, Celso Amorim, visitou no dia 26 de novembro, o Estado-Maior Conjunto formado para a Operação “Atlântico III”, que está instalado na Escola Naval no Rio de Janeiro acompanhado dos comandantes das três Forças Armadas e outros integrantes do Conselho Militar de Defesa.

O objetivo da Operação “Atlântico III”, é criar uma linha de comunicação e defesa de estruturas estratégicas como portos, refinarias e usinas hidrelétricas e nucleares. O exercício abrangeu o território marítimo dentro da área chamada Amazônia Azul – espaço marítimo de 305 milhões de km² e que abriga reservas de petróleo e gás da área do pré-sal, além de parte do território nacional dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

“O resultado principal é o aprendizado. Saber operar em conjunto. Marinha, Exército e Aeronáutica participam de forma integrada. Pelos depoimentos que ouvi, se tivermos uma situação de guerra, as Forças estão prontas para operar em conjunto”, afirmou o ministro.

Brasil_defesa-Presal_P4-foto-C

Segundo o relato do comandante da operação, almirante Gilberto Max Roffé Hirschfeld, alguns pontos estão sendo anotados e servirão para ajustes futuros. “Nós temos que evoluir e aprender bastante. É importante termos a sinergia entre as Forças Armadas”, apontou o almirante.

Um dos destaques da ação foi o emprego do avião P3. Trata-se de uma aeronave de patrulhamento marítimo de longo alcance. Foi o primeiro exercício com a participação deste equipamento, e os resultados foram considerados satisfatórios.

Na visão do Ministro a utilização do P-3 representa um avanço na defesa do pré-sal. “Os meios que nós dispúnhamos antes para isso que é o avião Bandeirante Adaptado é muito mais limitado que o P-3 não só tem uma capacidade de detecção muito mais ampla de jogar sonarios, capacidade de identificação do submarino e do local exato onde ele está, mas também uma capacidade de reação, inclusive de atirar torpedos. Então sem duvida alguma ele acrescenta muito a nossa capacidade na guerra antissubmarino”.

Toda a atividade aérea da Operação Atlântico III é supervisionada pelo Centro de Operações Aéreas do Teatro (COAT), instalado na Força Aérea Componente 106, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro. Além de 15 aeronaves de caça, patrulha, transporte e asas rotativas da Força Aérea Brasileira (FAB), participam da operação 6 helicópteros da Marinha e 2 do Exército. Militares da Marinha e do Exército também atuam no COAT, como oficiais de ligação.

O COAT planeja as missões aéreas de acordo com a necessidade do exercício: ataque, escolta, interceptação, reabastecimento em voo, transporte, assalto aero-terrestre, controle e alarme em voo, antissubmarino e patrulha marítima.

São dezenas de voos supervisionados por dia, entre missões reais e simuladas. “Qualquer missão de emprego real ocorre da maneira como estamos fazendo aqui. Esse treinamento possibilita ao nosso efetivo colocar a doutrina militar em prática e se preparar para um conflito real”, afirmou o Major-Brigadeiro do Ar Peclat, Comandante da Força Aérea Componente 106.

Fonte: Hora do Povo

Sobre midiacrucis

Rompendo o apartheid-midiático. Buscando informações que o PIG omite, distorce, oculta...desinforma.
Esse post foi publicado em América Latina, Brasil, Dilma, Política, Roqyalties, Soberania e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s