Mujica: “Senado paraguaio usou pretextos imorais e baixos para barrar acesso da Venezuela ao Mercosul”


O presidente uruguaio José Mujica pôs fim à polêmica sobre o ingresso da Venezuela no Mercosul, afirmando que “sou o responsável e não o chanceler” e que “foi o parlamento uruguaio que decidiu sua incorporação”. As declarações foram feitas em entrevista ao jornal uruguaio La Republica.

Seu chanceler, Luis Almagro, e seu vice, Danilo Astori, haviam emitido opiniões questionando o ingresso da Venezuela, decidido conjuntamente por Brasil, Argentina e Uruguai, na condição de suspensão do Paraguai por um golpe de estado proclamado pelo Senado daquele país.

Mujica também situou o papel da presidente brasileira na decisão. “Se bem é certo que quem pediu a reunião reservada foi Dilma, estivemos de acordo os três e fui eu quem sugeriu a data da próxima reunião, no Rio de Janeiro, na primeira semana de agosto, mas então sugeriram que fosse 31 de julho e eu aceitei”. “O político superava largamente o jurídico”, manifestou Mujica, se referindo à decisão de ampliar o Mercosul no momento da derrubada do presidente Lugo.

Ele se pronunciou sobre o papel desempenhado pelo Senado paraguaio nos últimos anos para tentar impedir o fortalecimento do Mercosul. “A Venezuela é muito mais que um governo, é uma nação irmã exportadora de energia e compradora de comida. E ficamos muitos anos mendigando ao Senado paraguaio para que permita o ingresso no Mercosul”, ressaltou.

“Esse mesmo Senado [paraguaio] que faz cinco anos nos vem castigando negando o ingresso da Venezuela com argumentos imorais e rasos, agora derruba um presidente, o substitui como quem muda a camisa e desconhece o pedido de mais de dez chanceleres. Por isso decidimos não convalidar esta manipulação de quem durante anos desconheceu a 30 milhões de venezuelanos”, completou.

Anúncios

Sobre midiacrucis

Rompendo o apartheid-midiático. Buscando informações que o PIG omite, distorce, oculta...desinforma.
Esse post foi publicado em América Latina, Brasil, CIA, Comunicação, CPIdaMIDIA, PIG, Política e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Mujica: “Senado paraguaio usou pretextos imorais e baixos para barrar acesso da Venezuela ao Mercosul”

  1. pintobasto disse:

    Quem duvida de Mujica? Que vá conhecer seu comportamento como Presidente do Uruguai! Verdadeira lição de cidadania e patriotismo! E Mujica definiu muito bem a situação do Paraguay, esse pobre país dependente de seus vizinhos, mas em vez dos seguir, prejudica-os por força dos interesses dos grandes bandidos que têm o verdadeiro poder no país!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s