Entidades do Xingu repudiam vídeo plagiado dos EUA contra Belo Monte


O Fórum Regional de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental da Transamazônica e Xingu (FORT Xingu) emitiu nota em repúdio ao vídeo realizado por atores da TV Globo – cópia fiel de uma campanha norte-americana promovida por artistas de Hollywood – contra a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. Para o Fórum, que reúne mais de 170 entidades da região, a campanha

“contribui para desinformar a sociedade brasileira sobre este importante projeto, disseminando falsas informações sob o pretexto da defesa do meio ambiente e da população da região”.

O vídeo plagiado dos EUA contra a construção da usina alega que a sociedade não foi consultada, desconsiderando que

“o projeto de construção de Belo Monte foi exaustivamente discutido pela sociedade durante mais de 30 anos. Nos últimos anos, este processo se intensificou e foram muitas as oportunidades para que toda a sociedade se informasse”, ressaltam as entidades.

“É uma pena que nenhum deles tenha participado do processo de discussão e nem mesmo esteve presente nas audiências públicas realizadas na região, onde poderia ter se manifestado sobre o empreendimento e se informado a respeito”, afirma a nota.

“Consideramos irresponsável a tentativa de convencer a sociedade que a energia gerada por hidrelétricas não é limpa, levando à população brasileira a ilusão de que seria possível gerar energia de outras fontes (como a eólica) a custos semelhantes das hidrelétricas. Os custos para a geração de energia destas fontes apresentadas pelos artistas globais seriam altíssimos, aumentando o valor da tarifa e prejudicando, sobretudo, a população mais pobre”, destaca o texto.

Segundo o Fórum, apesar de “a usina praticamente não ter reservatório”, “a geração média de Belo Monte tem condições de suprir 40% dos domicílios do Brasil, demonstrando a importância vital da construção da usina”.

“Lamentamos que os atores globais nunca tenham se manifestado contra as condições subumanas a que milhares de famílias de Altamira foram submetidas durante anos, residindo em áreas de risco nas margens de igarapés, em casas insalubres e sem saneamento básico”, denunciam as entidades. Considerando que “Belo Monte é uma oportunidade de mudar esta realidade e isso vem se comprovando na presença mais efetiva do governo nesta região”.

Fonte: HoradoPovo

Anúncios

Sobre midiacrucis

Rompendo o apartheid-midiático. Buscando informações que o PIG omite, distorce, oculta...desinforma.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Entidades do Xingu repudiam vídeo plagiado dos EUA contra Belo Monte

  1. galeriaum disse:

    Excelente e oportuna.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s