ONGs estrangeiras querem impedir o desenvolvimento econômico do país


Onde estão certas Fundações e seus filhotes as ONGs é preciso ter cuidado e muita atenção. Apesar das atuações inescrupulosas de muitas Fundações que visam apenas os Bens de nosso país, trabalham sempre com as “minorias” , termo neoliberal para designar o oposto – a maior parte do povo brasileiro –  (negros, pobres, mulheres, homossexuais, crianças, indígenas…)  enganam tão bem no uso da palavra que a maioria se, de fato, MINORIAS!

Dona Marina Silva defensora do Brasil está sempre com Fundações, Ongs penduradas no pescoço – estrangeiras claro!

Pergunto de novo, por que a Natura (o proprietário a Ecocapitalista Marina Silva convidou para seu vice, lembrem-se! que também foi seu financiador de campanha) – tão brasileira – transferiu-se para a Inglaterra??? Seria para lucrar mais (tirar emprego dos brasileiros, pagar menos impostos) ou para poder levar nossa biodiversidade de forma legal para fora do país? ou ambos? EcoGolpe…EcoCapitalismo…ou bio-pirataria?

Por outro lado, por que o governo ainda não expulsou as tais Fundações, Ongs, Oscips etc de nosso país?  A Polícia Federal deveria investigar estas questões!

Quando o governo vai assumir as responsabilidades ao invés de transferi-las às Fundações, ONGs e afins?

obs: não estou discutindo o Código Florestal, neste momento!

____________________________

ONGs estrangeiras querem impedir o desenvolvimento econômico do país

A grita contra a aprovação do novo Código Florestal reuniu o que há de pior e mais atrasado entre organizações ditas “ambientalistas”. Entre elas, a Imazon – financiada por organizações como

Fundação Ford,

WWF-Usaid,

Banco Mundial e

Comissão Européia/Joint Research Center

– e o Greenpeace,

com sede na Holanda e financiada, entre outras, por empresas produtoras de petróleo, as maiores poluidoras do planeta.

O deputado Aldo Rebelo, durante debates e audiências, denunciou a ação dessas ONGs, interessadas em obstruir o desenvolvimento do Brasil. Quando apresentou seu relatório à Comissão Especial da Câmara, onde foi aprovado, Aldo destacou: “Constrangidas pelas evidências de suas ambições mesquinhas, as nações ricas usam o longo braço de suas organizações não governamentais, que desembarcam no Brasil como portadoras da boa nova da defesa da natureza, mas não conseguem esconder a causa que verdadeiramente protegem – o interesse das nações onde têm suas sedes e de onde recebem farto financiamento”.

“Observando o esforço de algumas organizações não governamentais estrangeiras contra a expansão da nossa fronteira agropecuária, é o caso de se perguntar como o padre Antônio Vieira: estão aqui em busca do nosso bem ou dos nossos bens?”, indaga o deputado.

Como não poderia ser diferente, Marina Silva reuniu-se com o chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, na terça-feira, acompanha de representantes de ONGs estrangeiras, entre elas o Greenpeace, para tentar impedir a aprovação do projeto. Recém chegada dos EUA, onde foi discutir meio ambiente com os estrangeiros, ao final do encontro com Palocci Marina Silva revelou que “todo mundo aqui virou a noite tentando entender o texto [do projeto]”. E concluiu: “Dá para entender esse texto de hoje para amanhã? Impossível”.

Fonte: Hora do Povo

Sobre midiacrucis

Rompendo o apartheid-midiático. Buscando informações que o PIG omite, distorce, oculta...desinforma.
Esse post foi publicado em CIA e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s