Solidariedade ao BlogProgES por uma Razão Social


DESFAÇATEZ E MAU CARATISMO

 COMUNICADO

Há pouco mais de um mês decidiu-se realizar o ENCONTRO DE BLOGUEIROS E MÍDIAS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO, em Vitória, capital do Estado, entre os dias 3 (três), 4 (quatro) e 5 (cinco) de junho próximo, como tem acontecido em todos os estados brasileiros.

Toda a programação do evento foi organizada e ao longo desse período até a presente data vários apoios e adesões consumados, além da presença confirmada de palestrantes convidados.

O evento constaria de exibição de filmes, palestras, debates e painéis – stands – de artes, cultura, resgate do papel da mídia alternativa no combate à ditadura militar e em sua abertura, com a presença do Coordenador Nacional da Campanha pelo Direito à Memória e a Verdade, Gilney Viana.

Desde o primeiro momento o deputado estadual Genivaldo Lievori, da bancada estadual do PT – Partido dos Trabalhadores – manifestou apoio e perguntado sobre se a Comissão dos Direitos Humanos da Assembléia Legislativa da qual é presidente, dentro do princípio que informação é direito fundamental dos povos, apoiaria com passagens aéreas para os convidados poderia fornecê-las, respondeu que cada mandato dispõe de uma cota de passagens e que o dele ofereceria pelo menos três.

A partir daí outros mandatos foram contatados para completar o número de passagens necessárias e dois deputados petistas aderiram com seu apoio de mandato. Cláudio Vereza e Roberto Carlos.

É de se destacar que os deputados estaduais dispõem de cotas de passagens para fins de eventos, seminários, debates, tudo com o objetivo básico de além de promover as necessidades para o exercício de seus mandatos, promoverem também a participação popular.

Em menor escala e dentro de suas possibilidades outras entidades participariam de forma direta e indireta da organização do evento, como alguns mandatos de vereadores, inclusive o ex-secretário de Direitos Humanos de Vitória, vereador petista Eliezer Tavares, secretário da executiva estadual do partido.

Na terça-feira, dia 23 (vinte e três) de maio corrente, em Vitória, no gabinete do deputado Genivaldo Lievori, Fernanda Tardin, integrante da Comissão Organizadora do evento, em contato pessoal com o deputado recebeu desse a confirmação de todo o acordado e a declaração que “com sua presença agora fica mais fácil agilizar o evento”.

O referido deputado, através de uma secretária, momentos após o encontro com Fernanda e por mail,  deu ciência a esta integrante da Comissão Organizadora que, na quarta-feira, dia 24 (vinte e quatro) de maio, na parte da manhã, 11 (onze) horas seria realizada uma reunião com toda a bancada estadual do PT na Assembléia Legislativa do Estado, local onde aconteceria o evento, sendo solicitada a sua presença.

Percebe-se aqui, é importante para a compreensão exata dos fatos, que a comunicação da reunião da bancada foi feita momentos após um contato pessoal com Fernanda Tardin e através de uma secretária.

Nessa reunião, presentes a signatária, os deputados Genivaldo Lievori, Cláudio Vereza, Roberto Carlos e Lúcia Dornelas, para surpresa desta que assina o presente comunicado, bem diferente do dia anterior, ríspido e seco, o deputado Genivaldo Lievori deu a palavra ao deputado Cláudio Vereza que, de forma incisiva e definitiva, rompeu todos os acordos assumidos anteriormente, “determinou” a transferência das datas do encontro, tornando o evento impraticável (no período de estruturação do evento várias tentativas de contato com o citado deputado Cláudio Vereza foram feitas sem sucesso, até que, quando concluída a organização o próprio deputado, através de mail, comunicou a esta integrante da Comissão, em sua residência, que seu mandato também apoiaria o evento)

Em todo o período de organização foram mantidos por mails, telefonemas, vários contatos com o deputado Genivaldo Lievori e em nenhuma ocasião o citado deputado deu mostras ou sinais que tudo não passava de uma farsa. Registre-se que esses contatos, via mail ou telefone tanto eram feitos por Fernanda Tardin para o deputado, como do gabinete do deputado para Fernanda Tardin, confirmando todos os acertos, inclusive indicando nomes de companheiros ex-presos, movimentos, blogueiros, mídias sociais, para participação.

As entidades que participariam do encontro de forma direta ou indireta, àquela altura dos fatos, faltando pouco mais de uma semana para o encontro, não tinham como não têm condições de arcar com as responsabilidades totais e, ao tomar conhecimento dos fatos a deputada estadual Luzia Toledo, do PMDB, que nem fazia e nem faz parte da quadrilha (conforme poema de Drumond). no afã de tentar encontrar uma solução solidarizou-se com os organizadores e dispôs-se a ceder uma passagem. A despeito da atitude correta e digna da citada deputada, isso era ainda insuficiente e o tempo trabalhava contra a viabilização do evento.

Ao largo de todo o processo de organização do encontro vários companheiros foram mobilizados para o mesmo, inclusive ex-presos políticos instados a participar da campanha de mobilização pelo direito à memória e a verdade e nem mesmo o coordenador dessa campanha, Gilney Viana, tinha conhecimento do fato.

Na citada reunião com os deputados da bancada petista ficou evidenciado o descontentamento dos mesmos com o lançamento da campanha no encontro – haveria antes uma solenidade na OAB do Estado –, claras as divergências quanto ao caráter plural do encontro (todo o campo de esquerda foi convidado, desde partidos a movimentos populares) e toda a sorte de dificuldades foi posta pelos deputados da bancada do PT na Assembléia Legislativa do Estado, inclusive propostas de adiamento e solicitação de orçamento (já anteriormente apresentado e definidas as responsabilidades com o deputado Genivaldo Lievori). Manobras e sugestões destinadas a na prática inviabilizar como de fato aconteceu, o encontro.

É bom que fique claro que o fato maior de descontentamento dos deputados e a palavra final do deputado Cláudio Vereza foi de desagrado com a campanha Direito à Memória e a Verdade no encontro. Registre-se que o  penúltimo presidente da Assembléia Legislativa do Estado, Élcio Álvares, teve o voto do deputado Cláudio Vereza para tal, presidente do legislativo. Élvio Álvares é ex-governador biônico e ex-ministro da Defesa de Fernando Henrique Cardoso, afastado por corrupção flagrante.

Para coroar a ruptura dos compromissos assumidos o deputado Genivaldo Lievori afirmou que o seu partido havia marcado uma reunião estadual no município de Colatina no mesmo dia de abertura do encontro e uma ONG chamada ESPÍRITO SANTO EM AÇÃO,  financiada por empresas como a ARACRUZ, VALE, SAMARCO e outros, a REDE GAZETA DE COMUNICAÇÃO (AFILIADA DA REDE GLOBO)    estava organizando um Fórum Nacional de Reforma Eleitoral para discussão do projeto de reforma política, contando com apoio da Assembléia e do Governo do Estado, do TRE – TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL – o que, na prática se constituiria tentativa de esvaziamento do ENCONTRO DE BLOGUEIROS E MÍDIAS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO.. Esse encontro promovido pelas empresas em cumplicidade com a Assembléia e o Governo Estadual, além do TRE será aberto pelo presidente do Senado, José Sarney.

A perspectiva de participação popular torna-se nula no Espírito Santo.

A despeito do apoio da deputada Luzia Toledo, do apoio de jornalistas como Valter Conde, do empenho de companheiros como Dagmar Volpi, além de muitos outros, a realização do encontro se tornou inviável, impraticável, pelo que ficou decidido o seu cancelamento.

Lamento profundamente a atitude desrespeitosa dos deputados Genivaldo Lievori, Cláudio Vereza, Roberto Carlos e Lúcia Dornelas, a falta de cumprimento de compromissos assumidos pelo deputado Genivaldo Lievori e coloco-me à inteira disposição para exibir aos interessados mails, se necessário for solicitar à Justiça provas de contatos telefônicos durante mais de um mês, bem como de todo o processo acontecido em Vitória entre os dias 24 (vinte e quatro) e 27 (vinte e sete) de maio corrente, na tentativa de buscar formas de realizar o encontro.

E assim, diante desses fatos, estamos comunicando aos convidados (via telefone) e aos interessados de um modo geral o cancelamento do encontro, bem como, disponibilizando, reitero isso, toda a documentação trocada entre esta signatária e o deputado Genivaldo Lievori e outros para realização do encontro, além do que, através de advogados contratados, estudando a viabilidade de ação judicial competente face aos fatos e prejuízos gerados. Materiais e morais.

O Estado do Espírito Santo, através da bancada do PT – Partido dos Trabalhadores – na Assembléia Legislativa, mais uma vez, dá uma triste demonstração que ao longo dos anos criou o conceito que no Espírito Santo a corrupção é generalizada e o espírito público de detentores de mandatos eletivos inexiste.

Abrir os baús da ditadura no Espírito Santo mais uma vez nem pensar. No Espírito Santo a ditadura ainda sobrevive, vide o complexo empresas/deputados e governo.

Vitória, 29 de maio de 2011.

Continue lendo…

Fonte: Razão Social

About these ads

Sobre midiacrucis

Rompendo o apartheid-midiático. Buscando informações que o PIG omite, distorce, oculta...desinforma.
Esse post foi publicado em Midiacracia, PIG e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Solidariedade ao BlogProgES por uma Razão Social

  1. ” é DIREITO FUNDAMENTAL DOS POVOS , DENTRE OUTROS, O DIREITO A INFORMAÇÃO” . logo DEVER DO ESTADO, que não o cumpre.

    Sobre o ESBLOG – Esclarecimentos

    O ENCONTRO DE BLOGUEIROS E MÍDIAS SOCIAIS DO ESPÍRITO não buscou apoio do PT ou especificamente de sua bancada estadual.

    A idéia nasceu no grupo CONSCIÊNCIA POLÍTICA no FACEBOOK e de imediato ganhou adesão de compaheiros do Espírito Santo e outros estados.

    Em momento algum se pensou em realizar o encontro com apoio de bancadas partidárias, partidos ou com a estrutura da Assembléia Legislativa.

    Vários sindicatos e movimentos sociais se dispuseram a colocar mãos a obra no sentido de viabilizar o encontro. E colocaram.

    A proposta inicial, seguida à risca pelos organizadores era a de um encontro plural, envolvendo partidos, movimentos sociais e sindical, na busca de discutir temas de relevância, o principal deles, o DIREITO À INFORMAÇÃO.

    Ou seja, revelar os limites que a comunicação, como a temos, impõe a esse direito fundamental do cidadão, denunciar manipulações da grande mídia e mostrar, no debate, as alternativas e a importância da comunicação virtual, com a defesa da INTERNET COMUNITÁRIA, livre da influência – logo censura – das grandes empresas.

    O deputado Genivaldo Lievori, no grupo, manifestou seu apoio e sua disposição de participar do encontro.

    Ao ser perguntado sobre se a Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembléia – em tese poder popular – poderia participar da infraestrutura através de passagens para os convidados respondeu que não haveria necessidade disso, pois seu mandato, de saída, bancaria três passagens.

    Um dos sindicatos participantes da organização dispôs-se a bancar outra, bem como realizar trabalhos de gráfica – banners, convocações, crachás, etc. – e no curso dos acontecimentos, num dado momento o deputado Carlos Vereza e o deputado Roberto Carlos asseguraram suas participações com passagens, completando essa parte de organização do encontro.

    A pedido do deputado Genivaldo Lievori foi enviado um mail/ofício ao seu gabinete para a solicitação do plenário da Assembléia para os dias 3 (três), 4 (quatro) e 5 (cinco) de junho, tanto quanto o citado deputado afirmou reiteradas vezes que a estrutura de seu gabinete poderia ser usada para convocações e base de trabalho antes e durante o encontro.

    Esses fatos não impediram os organizadores de buscar outras fontes de participação, outros grupos para o trabalho e assim de fato aconteceu. E, nesse curso dos acontecimentos, vereadores cientes e conscientes da importância do evento, também manifestaram apoio de seus mandatos para a infraestrutura e nem todos são do PT.

    Com pelo menos quinze dias de antecedência todo o processo de organização estava montado, fechado e sem nenhum transtorno.

    Nada vinculado ao PT ou a qualquer outro partido, mas plural, definidos os temas, os convidados, com participação da bancada petista a exceção da deputada Lúcia Dornelas que não se manifestara sobre o assunto, nem sim, nem não. E nem foi procurada.

    Na terça-feira, dia 24 (vinte e quatro) o deputado Genivaldo Lievori reiterou todo o apoio logístico ao encontro e momentos depois, já fora da reunião com um dos integrantes da organização, enviou mail convocando para uma reunião da bancada petista na quarta, dia 25 (vinte e cinco).

    Foi aí então que a rasteira foi aplicada. Todo o processo da reunião foi conduzido de forma ríspida e mal educada pelo deputado Cláudio Vereza, com silêncio e omissão dos demais, em franco desacordo com o que havia sido estruturado a partir de manifestação de vontades especificamente nessa ordem dos deputados Genivaldo Lievori, Roberto Carlos e Cláudio Vereza.

    Os pretextos foram vários, infantis, primários, ficando claro que houve um golpe que era do conhecimento do deputado Genivaldo Lievori ja na terça o que aconteceria na quarta. Como claro ficou o desacordo da bancada com a presença do representante da Secretaria Nacional de Direitos, Gilney Viana, que lançaria a campanha pelo projeto DIREITO À MEMÓRIA E A VERDADE, após participação em ato na OAB do estado. Uma agenda do PT, assim que divulgado o lançamento dessa campanha teve a dua data mudada para coincidir e deliberadamente esvaziar o encontro.

    Em nenhum momento se buscou organizar o encontro a partir do PT – no Espírito Santo com algumas exceções é lamentável e os organizadores sabiam e sabem disso – ou da bancada estadual.

    Houve sim, oferecimento imediato a partir do deputado Genivaldo Lievori e a comissão entendeu que além de facilitar abriria a Assembléia, como dissemos, em tese casa do povo, a um debate amplo, plural sobre temas de grande importância.

    O jornal O SÉCULO DIÁRIO, editado em Vitória, para ilustrar, diante da barbárie cometida pela PM do estado conta manifestantes em frente ao Palácio do Governo na quinta-feira – de fazer inveja a qualquer atentado terrorista e determinada por um vice-governador filiado ao PT – afirma em sua edição de sexta-feira, dia 2 (dois) de junho, que “a manifestação mostrou a força de um movimento vindo do meio virtual, para o qual a política tradicional, definitivamente, não está pronta para enfrentar. Vão perder espaço”.

    Essa afirmação serve para ilustrar também o acontecido com a bancada petista na Asssembléia Legislativa e o os organizadores do ENCONTRO DE BLOGUEIROS PROGRESSISTAS E MÍDIAS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO.

    A mediocridade dos três deputados – Genivaldo Lievori, Roberto Carlos e Cláudio Vereza – e por fim, a da deputada Lúcia Dornelas, preocupados apenas com os próprios umbigos e situações de seus currais eleitorais, essa sim, tornou inviável, em cima da hora – e não foi por acaso – o encontro.

    Poderia ter sido organizado à margem dessa bancada, não seria nunca organizado em torno de um partido, qualquer que seja, mas os fatos mostram que no afã de aparecer, de mostrar um engajamento que não existe exceto no discurso com as lutas populares e as realidades atuais, os deputados comprometeram e vão pagar o preço dessa mesquinharia e pequenez política, todo um processo no qual deveriam estar engajados.

    O encontro era uma proposta plural, democrática e ampla de debate dentro das realidades do mundo que vivemos e não de currais eleitorais ou manifestações de vaidade pessoal desse ou daquele político, até porque, repetimos, pequenos demais para a importância que se atribuem.

    Para que não pairem dúvidas sobre esses fatos, coloco de público a disposição de abrir meu sigilo telefônico – celular e residencial – a fim de que possam ser verificadas as conversas com deputado Genivaldo Lievore, membros de seu gabinete e o mesmo em relação aos deputados Claudio Vereza e Roberto Carlos. Mais dados podem ser obtidos
    no grupo CONSCIENCIA POLÍTICA, no FACEBOOK.

    COMPLETAM ESTA NOTA:

    Abaixo importantes Links anexados na carta , http://juntosomos-fortes.blogspot.com/2011/05/comunicado-oficial-referente.html

    Após anunciar O lançamento da campanha Pelo Direito a Memoria e a Verdade PT-ES muda agenda
    Date: Fri, 13 May 2011 15:59:25 -0300
    Subject: ALTERAÇÃO – Agenda da Comissão Executiva Estadual do PT/ES
    http://encontrodeblogueirosemidiassociais-es.blogspot.com/2011/05/apos-anunciar-o-lancamento-da-campanha.html

    Planilha enviada a bancada do PT – conforme solicitaçõeshttp://encontrodeblogueirosemidiassociais-es.blogspot.com/2011/05/planilha-enviada-bancada-do-pt-conforme.html

    O mail enviado por Claudio Vereza apoiando o evento:
    http://encontrodeblogueirosemidiassociais-es.blogspot.com/2011/05/mais-um-mandato-apoiador-claudio-vereza.html
    Sobre o Forum Nacional de Reforma Eleitoral que goza do apoio governamental e dos legisladores
    Extraído de: Tribunal Regional Eleitoral do Espirito Santo – 06 de Abril de 2011
    ESPÍRITO SANTO EM AÇÃO ASSINA TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA PARA REALIZAÇÃO DO FORUM NACIONAL PELA REFORMA DA LEI ELEITORAL
    http://encontrodeblogueirosemidiassociais-es.blogspot.com/2011/05/bancada-petista-no-es-e-orgaos.html

  2. Acho que os Companheiros do Espirito Santo, poderiam realizar este evento sem o apoio da Assembléia. É IMPOSSÍVEL que nao exista outras formas de realizar este encontro sem o aparelhamento da estrutura do legislativo, este texto esta mais tendencioso que muita materia do PIG, acredito que a arte que ilustra este desagravo, e sensacionalista ao extremo. O PT jamais decidiria pelo nao apoio a um evento desta importancia. Acredito que faltou dialogo e articulação dos entusiastas do evento ai no estado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s